sexta-feira, 25 de junho de 2010

Se um dia você sentir um vazio, vá comer, é fome!

Há bastantes artigos sobre garotas obesas. Mas cresce o número de garotas que não engordam. O sonho de muitas mulheres e de alguns homens. O caso é esse: uma garota muito magra que come muito e não engorda. E até Érico Veríssimo escreveu: “Ninguém é mais admirado ou invejado do que o que come e não engorda. Você o conhece. É o que come o dobro do que nós comemos e tem a metade da circunferência e ainda se queixa: - Não adianta! Não consigo engordar!”.

Não se sintam mal, meninas. A culpa é de uma enzima chamada MGAT2. É ela que determina se a gordura ingerida será usada para fabricar energia ou será armazenada. Algumas mulheres comentam, e isso não é nada novo, que as francesas não engordam. Esse assunto até se transformou em livro. “As francesas não engordam”, de Mireille Guiliano, aborda a cultura francesa, tentando descobrir o porquê. Segundo ela, a resposta é a palavra que os médicos sempre dizem: moderação. As francesas preferem comidas naturais, usam do prazer para comer só o suficiente, sem exageros.

Que todas as francesas são magras, sabemos que não pode ser verdade mas que essa enzima existe, existe! Ser feliz é o melhor remédio para emagrecer. Prazer na mesa é melhor do que o prazer que você conseguiria recebendo elogios. Sinta-se feliz do jeito que é!