segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Perfume de novidade

Eu me lembrei de tudo. Andava meio avoada, mas me veio à mente aquilo que não deveria me ter fugido. E aí, eu sonhei, eu imaginei e não realizei. Por que não depende de mim, muitas vezes, realizar. Então, foi-se. Desenharei uma nova história; mostrarei a Ele dessa vez e pedirei Sua permissão. Escapa entre os dedos o horizonte, mas eu tenho quem o recupere pra mim. Melhor ano novo sempre.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Para meditação

Hoje, eu só queria citar duas coisas: a música de número 33 da Harpa Cristã na qual há a frase "Com Tua mão, segura bem a minha" e o versículo 7 de 2 Coríntios no capítulo 5 que diz: "porque andamos por fé, e não por vista". Meditemos nos dois =)

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Flyleaf - Saving Grace (graça salvadora)

A despedida pro meu terceirão

Foi assistindo a um vídeo de outra pessoa (Heitor) que eu lembrei da gente. Aí eu lembrei que acabou e que vai demorar para que a gente destrua a casa de July de novo; vai demorar para que a gente vá à casa de Ewerton comer pizza; vai demorar para que a gente marque para ir ao Lazerão. E eu me entristeço porque vocês sabem que eu os amo. É mais uma etapa, sim, mas e se eu não quiser que mude tudo? (baixou a rebeldia de Tialy rsrs) Acho que é inevitável... Eu terei saudades das ironias de Igor, dos escândalos de Mariana falando "calor da beleza", da risada de Matheus, do "carregando..." de Bella, das bochechas de Mayara, das conversas nojentas com Jeffinho, a galeguice de Bárbara... Porque marcaram muito a minha vida. Eita, vontade de chorar, vixi! Mas é sério, em 2019 a gente se encontra, mas tenho a impressão de que não vai ser a mesma coisa. Mas tudo bem. As lembranças não se apagarão. A gente se vê por aí :'(   


"Começou como um sentimento, que então cresceu em uma esperança, que se tornou então um pensamento quieto, que se tornou então uma palavra quieta e então essa palavra cresceu mais e mais até se tornar um grito de guerra.
Eu voltarei quando você me chamar. Não há porquê se despedir.
Só porque tudo muda não significa que nunca foi assim antes. Tudo que você pode fazer é tentar saber quem seus amigos são enquanto marcha para a guerra. Escolha uma estrela no horizonte escuro e siga a luz.
Você voltará quando acabar. Não há porquê se despedir.
Agora estamos de volta ao começo. É apenas um sentimento e ninguém conhece ainda, mas, apenas, porque não podem sentir esse sentimento também, isso não significa que você têm que esquecê-lo. Deixe suas memórias crescerem mais fortes e mais fortes até estarem diante de seus olhos.
Você voltará quando te chamarem. Não há porquê se despedir."

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Canto de gratidão pelo tempo

Eu calculo que nesses cabelos emaranhados; nessa boca cansada de profanar por acidente aquilo que presa; nesses olhos enfadados de produzir expressões que embelezam e desprezam muitas vezes; nessa testa marcada por tudo que já se passou desde acidentes a epidemias impetuosas frustradas pela estação seguinte; diante de tudo que essa face já demonstrou e tudo pelo qual esses cabelos se esvoaçaram, digo: "valeu demais, valeu o tempo e o contratempo que essa história traz".

sábado, 8 de dezembro de 2012

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Sanctus Real - Shining (Brilhando)

Mais uma de natal para que a gente entre no clima :)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Flyleaf - Great Love (grande amor)

"Grande amor colocando o mundo em chamas.
Estou admirado com quem Tu és e é pelo Teu amor que eu estou vivendo.
Grande amor me enchendo por dentro.
Tu és o que eu estou procurando e eu sou Teu para sempre."


segunda-feira, 12 de novembro de 2012

"You said I'd only have to wait until I die (new horizons)"

Senti uma angústia: como é efêmero tudo isso! E, por mais que você queira lutar para que dure, não durará mais do que o quanto está destinado a durar. Coisas boas se vão assim como coisas ruins. A diferença é o tamanho da falta que um faz em relação ao outro. Lugares dos quais você precisa sair e, com o tempo, você irá. E o motivo pode parecer o mais insignificante, mas, no final, vale a pena seguir em diante porque as coisas precisam mudar.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Uma canção para a vida-prosa

O delírio, a canção mais bela que já escreveram durante uma noite tortuosa de verão sem energia elétrica... Talvez não quisessem que a ouvíssemos, ou estivessem esperando que a usássemos para descrever ou pensar na coisa misteriosa e singular que é viver. As notas comuns entrelaçadas para encantar enquanto que, sem proferir uma palavra, fazem refletir no quão distantes estamos do Paraíso em contraponto a quanto o sentimos perto ao ouví-las.

domingo, 26 de agosto de 2012

Escrever sobre feminismo

Não, não sou a favor. Por que seria? Por que sou mulher e por que deveria querer os mesmos direitos? Mas com os direitos vêm os deveres. E se a mulher, entre os séculos, já tem seu papel fundamental na sociedade que é o de educar os filhos e zelar pelo lar, por que buscaria mais deveres? Não digo que deveríamos ser tratadas de forma diferente, pejorativa. Diante do que chamo de insatisfação e o querer uma "liberdade", as mulheres vêm buscando fazerem o que é dever dos homens. Não que as mulheres não sejam capazes de fazê-lo. Defendo, entretanto, que mulheres podem seguir carreira e sustentar a família quando necessário. Por isso, não sei como escreverei o texto do qual preciso.

João Alexandre - Abismo de Gerações

sábado, 18 de agosto de 2012

Aquela velha inquietação

É uma insatisfação constante, um querer sem fundamento. Talvez esteja errada, mas quem sabe algo realmente falte. Deveria estar feliz porque há saúde, família que ame, amigos que acolham, disposição pra lutar, Deus pra guiar... Talvez esteja errada, mas quem sabe o que falte não deva estar presente.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

João Alexandre - Coração

Onde nascem as fontes da vida e os loucos duvidam de Deus?
Onde negros se tornam os dias e os homens se acham mais seus?
Quem despeja na boca as palavras, transformando-se em pedra ou cristal?
Quem desenha na face a beleza, mas se torna o carrasco no golpe final?

Coração. Entre o bem e o mal, que distância haverá?
Coração. Um amigo, um bandido, talvez. Quem te conhecerá?

Onde o ódio encontra raízes e o amor se mistura à paixão?
Onde a vida nos traz cicatrizes e o desprezo se faz solidão?
Quem despeja nas veias a vida e na morte há o silêncio fatal?
Quem conhece a verdade da história, a cruel testemunha do lance final?

quinta-feira, 12 de julho de 2012

"socorro bem presente na hora da angústia"

As inseguranças do vazio. Do que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a alma? Porque no final, Deus é o melhor. Mesmo que às vezes o caminho que leva ao céu seja estreito, difícil, o consolo é a companhia do Melhor Amigo que alguém pode ter. A tristeza aparece, mas para tudo há um propósito previsto pelo Senhor. Segure firme na rocha, na pontinha de fé em Deus que ainda resta nesse despenhadeiro sobre o qual você está suspenso. Ele vem te socorrer! E quando menos se esperar, na vontade dEle, o dia vai clarear e sorrir para os que confiaram na Palavra.

Holly Starr - Don't Have Love (não tiver amor)

Conselho

E que seja feliz, que viva plenamente, mas que seja na vontade do Mestre. Porque ninguém é tão feliz que mais cedo ou mais tarde não vá entristecer. E, quando acontecer, o melhor é que tenha um Amigo Fiel com o qual possa contar. E não há melhor amigo do que o Criador, não há!

domingo, 1 de julho de 2012

sexta-feira, 29 de junho de 2012

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Sarah Reeves - Mighty Wave (onda poderosa)

Canção & Louvor - Duelo

"A luta da ciência e a resposta da Bíblia
- Eu sou a ciência.
- E eu sou a Bíblia.
- Diz a ciência que a pedra é forte.
- Mas eu digo: mais forte que a pedra é o ferro que esmiúça a pedra.
- Diz a ciência que o ferro é forte.
- Mas eu digo: mais forte que o ferro é o fogo que derrete o ferro.
- Diz a ciência que o fogo é forte.
- Mas eu digo: mais forte que o fogo é a água que apaga o fogo.
- Diz a ciência que a água é forte.
- Mas eu digo: mais forte que a água são as nuvens que pegam as águas, levam para os montes e as transformam em chuvas.
- Diz a ciência que as nuvens são fortes.
- Mas eu digo: mais fortes que as nuvens são os ventos que levam as nuvens para os mais altos montes. Montes até de 8.848 metros de altura.
- Diz a ciência que os ventos são fortes.
- Mas eu digo: mais fortes que os ventos são os montes que recebem o aguaceiro da chuva, mas permanecem firmes.
- Diz a ciência que os montes são fortes.
- Mas eu digo: mais fortes que os montes são os homens que terraplanam os montes.
- Diz a ciência que os homens são fortes.
- Mas eu digo: mais forte que o homem é a morte que mata o homem. Nem preto, nem branco, nem livre, nem servo, nem rico e nem pobre que ela não leve à sepultura.
- Diz a ciência que a morte é forte.
- Mas eu digo: mais forte que a morte é meu Jesus que venceu a morte.
[...]
E o mais forte é Jesus que morreu, ressuscitou e está vivo nos céus para todo sempre. Amém!"

quinta-feira, 21 de junho de 2012

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Uma nova fase

Os corações batem mais forte.
Os ventos sopram compassadamente. Ventos de mudança?
Pouco a pouco, vejo-me progredir enquanto me prendo ao passado.
Inevitável olhar pra trás e perceber onde estou e quanto corri.
Agora, assisto aos momentos sem muito zelo; o tempo está passando muito rápido.
Vou embora. Vou deixá-los e eles a mim.
Sentirei saudades da rotina, das tristezas, das plantas podadas, dos risos, dos raros silêncios...
Meus olhos se dirigem a um futuro que eu não quero encarar, mas preciso.
Sigo.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

sábado, 28 de abril de 2012

terça-feira, 24 de abril de 2012

ai ai essas noites turbulentas ...


Sonhei. Tive um pesadelo. Criei um filme enquanto dormia. Aconteceu que ao chegar à escola tive o pressentimento de que algo iria acontecer. Passeávamos, eu e minha amiga Izabela, pelo pátio da escola antes de o sinal tocar, quando uma multidão se aproximava como uma vassoura varrendo e agrupando. Gritavam assustadoramente. Tiros se ouviram. Corremos com a multidão. Escondemos-nos na cantina. O barulho parou. Uma sombra na parede surgiu. Um homem de máscara se aproximou. Ele tirou a máscara. Ele conversou comigo. Sabia que tinha tido o pressentimento. Um professor. Disse o porquê de estar realizando aquela barbárie. Ele recolocou a máscara e deu um tiro em meu braço. Fingi ter desmaiado enquanto continha a dor. Izabella fez o mesmo. Ele seguiu. Corremos e nos escondemos no banheiro onde sombras nos amedrontavam. Em algum momento, me separei de Izabela. No outro dia, fiquei sabendo que minha pobre amiga havi sido assassinada pelo bandido. Viajei com medo a um lugar longínquo, fugindo do perverso professor... Acordo! E o final? Que noite agoniada!  

sábado, 21 de abril de 2012

Leeland - Not Afraid Anymore (não mais com medo)

"Eu sinto Seu raio me acordar do sono da minha alma tímida.
Eu estive na clandestinidade a partir de todos os seus planos.
O comando que me disse para ir e eu gastei toda a minha vida mantendo minha cabeça para baixo.
Mas eu estou levantando os olhos.
Eu levanto a minha bandeira no alto, a minha bandeira erguida.

Eu não estou mais com medo porque eu estou correndo com o seu fogo, Senhor.
Eu estou pegando minha espada.
Você treina as minhas mãos e meus dedos para a guerra.
Eu não estou mais com medo.

Ouço a trombeta tocar nessas ruas onde reinos colidem.
Então, eu estou respondendo.
Esta é uma luta por amor, isto é morte ou vida.
E quando meus joelhos estão fracos, eu sei que suas mãos são fortes e elas estão me segurando.
Eu nunca vou ficar sozinha, nunca estar sozinho.

Você está perseguindo meus medos.
Não há nenhuma razão para ter medo.
Seu amor está aqui perseguindo meus medos.
Seu amor está aqui perseguindo meus medos."

sexta-feira, 6 de abril de 2012

segunda-feira, 2 de abril de 2012

quarta-feira, 14 de março de 2012

domingo, 11 de março de 2012

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Nichole Nordeman - Even Then (mesmo assim)



"É um medo que me mantém acordado no meio da noite, quando as expectativas são muito grandes e a barra é gerada demasiado elevado.
Então eu faço o melhor com o que eu tenho e espero que ninguém saiba que eu me esforço para ver o quão alto eu posso.
Tento ficar nesses dedos até que eu seja medida, mas você sabe melhor.

Então, obrigado, Jesus, mesmo quando Você nos vê como somos, frágeis e franzinos e, até agora de quem queremos ser.
Então, obrigado, Jesus, mesmo quando as peças estão quebrados e pequenas.
Sonhos se quebram e espalham como o vento.
Obrigado, mesmo assim.

Então eu coloquei de lado as máscaras e admito que eu não estou bem.
O que não pode ser a coisa a dizer, mas eu não tenho vergonha de precisar de Você mais a cada dia.

Nós elevamos o padrão e tentamos alcançar Você, mas nós nunca vamos fazer isso e não precisamos de...

Então, obrigado, Jesus, mesmo quando Você nos vê como somos, frágeis e franzinos e, até agora de quem queremos ser.
Então, obrigado, Jesus, mesmo quando as peças estão quebrados e pequenas.
Sonhos se quebram e espalham como o vento.
Obrigado, mesmo assim.
"

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Depressão solar

A dor de um astro e a sua recuperação.

Choveu como se chorasse sem parar.
Choveu como se o sol estivesse deprimido.
Choveu como se nada pudesse consolar.
E, não tão de repente, tudo cessou.
O sol se alegrou, o céu se alegrou.
Os olhares agora se voltam uns para os outros porque antes eram direcionados ao chão.
E é a esperança de um dia ensolarado que move as nuvens.
E é a esperança de um dia melhor que move as pessoas.

sábado, 14 de janeiro de 2012

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Torre de acrílico

Palácio de pensamento

Um dia, construí um castelo.
Nele guardei um sonho.
No sonho, guardei um amor, uma praia e um pôr-do-sol.
Um amor pra amar por toda a vida.
Uma praia pra saber que tudo pode ser infinito.
E um pôr-do-sol pra lembrar que tudo tem um fim.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Fireflight - Stay close (fique perto)

Música nova do CD novo \o/
Vai sair em março desse ano.