segunda-feira, 11 de março de 2013

It's something to live for ♪

O bom é que nos reunimos no mesmo grupo de orgulhosos coitados que, mesmo sabendo que morrem, vivem. Alguns, os mais sortudos, confiam porque sabem a onde vão. Uns ainda mais miseráveis procuram o prazer enquanto podem; iludem-se com uma alegriazinha boba, um sonho a conquistar, palavras de auto-ajuda que pouco ajudam... Mas palavras são só palavras diante do objetivo bobo que é tentar se manter determinado a continuar vivendo. Sim, razão para viver, mas não de uma forma tão ridiculamente compulsiva que a vida passe a se resumir em quantos sonhos efêmeros foram conquistados.