segunda-feira, 28 de julho de 2014

João Alexandre - Nas estrelas

"Nas estrelas, vejo a Sua mão e, no vento, eu ouço a Sua voz. Deus domina sobre terra e mar. O que Ele é pra mim?
Eu sei o sentido do Natal, pois, na história, tem o seu lugar. Cristo veio para nos salvar, mas o que Ele é pra mim?
Até que um dia o Seu amor senti; Sua imensa graça eu recebi; descobri que Deus não vive longe lá no céu, sem se importar comigo. Mas agora ao meu lado está. Cada dia eu sinto o seu cuidar, ajudando-me a caminhar. Tudo Ele é pra mim."

terça-feira, 22 de julho de 2014

Swoope - Actions Speak Louder Than Words (ações falam mais alto que palavras)

Humano

E, mais uma vez, estamos nós aqui, face a face, mas ignorando um ao outro. Somos desses destinados a saberem um do outro. Somos desses cercados por pessoas que torcem por nós, mesmo que não façamos o mesmo. Mas é incrível como essa prosa me persegue! Esse teu rosto só ganha mais graça. Graça aos meus olhos. E eu cansei de ouvir dizerem que é lindo nos ver juntos. Pena que eu estou tão cansada de esperar notares isso. Pena que eu desisti de me preocupar com tudo isso há tanto tempo que te surpreenderias se soubesses. Pena que esta prosa já não conta a tua história.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

terça-feira, 1 de julho de 2014

DC Talk - My Friend (meu amigo)

Satisfação sonora

O som sai tão livre, tão ávido. E tão lindo. Canta e esconde o medo. As sombras correm ao te ouvir. Gosta de se ver cantar; aprecia como balbucia, faz mais lento. Sorri para o reflexo ambulante enquanto finge um clipe. E a voz é mesmo linda. Entra e equilibra; movimenta e equilibra de novo. Diverte-se com estilos dos mais diversos, embora seja apaixonada pelo alcance. E a treina. Sua maior fã. Segunda maior.

Esses versos embaraçosos que dá vontade de expor (masoquismo?)

Não pense que sou assim com todos.
Sou de Lua,
Do mundo da Lua.
Não pense que vou com todos.
Sou movimento de lamento,
De pensamento.
Não pense que sou feliz com todos.
Felicidade é esse mito, alarido.
Sou apenas um grito.
Não pense que me decifra.
Sou furacão sem precedente.
Nem tudo que demonstra sente.
Nem pense.
Nem sou.