sábado, 4 de outubro de 2014

Não só por dizer

DE BEICINHO ABICUDADO

Quando digo que te amo
Não digo de badalada
Nem de voz de chaminé
Digo de vento falado
De beicinho abicudado
Como que sopra café.

Jessier Quirino